Início > Meus Artigos, Reflexões > RESOLVENDO O ENIGMA DA TRINDADE – PARTE I

RESOLVENDO O ENIGMA DA TRINDADE – PARTE I


AVISO: Texto potencialmente perigoso para a sua fé! Se nao tem certeza da sua fé, NAO LEIA!!

Por Renato A. O de Andrade

—————-

De todos os enigmas que a humanidade vem tentando solucionar, o mais intrigante seja talvez, a chamada Doutrina da Trindade. Durante séculos tem havido debates acirrados em torno da natureza trinitariana de Deus e a fútil tentativa de explica-la através da razão. Os teólogos trinitarianos consideram-na como uma das doutrinas de base para a fé cristã, assim como outras doutrinas não menos eruditas como a justificação pela fé, a infalibilidade da Bíblia como Palavra de Deus, a morte substitutiva de Jesus e tantas outras que juntas formam a base do cristianismo institucional. Negar a Trindade, afirmam eles, implica necessariamente em negar a Bíblia e sua autoridade, a pretensa divindade de Jesus e por fim o sacrifício redentor na cruz. Daí surgiram, desde a Idade Média, as violentas perseguições aos que negam tal doutrina, perseguições estas que foram executadas não apenas pela Igreja Católica e seu mecanismo judicial, a Inquisição, mas também por aqueles que diziam combater as “heresias e abusos da Igreja”, isto é, os protestantes. Sim, tanto Lutero, quanto Calvino e Zwinglio eram partidários do derramamento de sangue em nome da “sã doutrina”, e nisto estava inclusa a negação da Trindade. Em suma, estavam fazendo a mesma coisa que tanto condenavam na Igreja Católica.
Mas afinal, qual é de fato o problema com a Trindade que leva muitas pessoas a negarem esta doutrina? É simplesmente a total e absurda falta de lógica na formulação tradicional dela. De fato, ela sequer é citada com este nome na Bíblia e todas as referências a ela não passam de pura especulação conceitual. A Trindade em si quebra diversos paradigmas e postulados da Lógica e da Matemática, e até mesmo numa conceituação simbólica e filosófica é impossível de ser compreendida. Aparentemente, o cara que postulou o enunciado trinitariano era dotado de uma genialidade superior à de Einstein para conseguir criar uma coisa dessas e ter absoluto sucesso em sua empreitada…
Sem mais delongas, vamos ao que afirma os postulados da Trindade:
– Há um só Deus, que pode ser compreendido em três pessoas, a saber: Deus Pai (vulgo Yahweh, Javé ou Jeová), criador de todas as coisas; Deus Filho, Jesus, o Redentor da Humanidade; e Deus Espírito Santo, o Consolador.
– Todos os três são um só Deus (?!), mas nenhum é o outro, ou seja, o Pai não pode ser o Filho, o Filho não pode ser o Pai, o Espírito Santo não pode ser o Filho nem o Pai…,enfim, cada um com sua própria função.
– Curiosamente, Deus Filho e Deus Espírito são subordinados a Deus Pai e coexistem com ele (!!).
– Mas os três compartilham da mesma natureza divina e dos atributos divinos.
– E todos eles existem desde a eternidade.
Resumindo tudo isto, há um só Deus que se divide em três pessoas e as três pessoas são um só Deus. Entendeu? Não? Nem eu.
Como se vê, a Trindade não é algo para mortais como eu ou você entendermos. Isto porque causa um choque cerebral de tal forma que nossas mentes não conseguem entender como 1 = 3 e 3 = 1. Felizmente, há algumas boas almas que tentaram esclarecer as coisas, ao contrário de muitos crentes que por preguiça ou conformismo, preferem dizer simplesmente que “há coisas que Deus não revelou e portanto, anote num papelzinho e pergunte a ele quando estiver no céu (se você for para o céu, é claro)”. Vejamos alguma coisa que possa nos dar alguma luz.
O Triangulo

Certos teólogos afirmam que o conceito trinitário pode ser compreendido fazendo-se alusão ao triangulo. O triangulo é uma figura geométrica com três lados. Ah, sim, esqueci de especificar o tipo, tem que ser um triangulo isósceles, ou seja todos os lados iguais. A ideia é que Deus pode ser comparado a um triangulo, tem três lados iguais, mas formam uma figura só. Ou seja, Pai, Filho e Espírito Santo são os lados A B e C, e todo o triangulo ABC é Deus. Algo mais ou menos assim:

Esta tem sido a ideia mais difundida da representação da Trindade. No entanto, a própria representação se extingue quando uma das pessoas sai do triangulo. Se todos os lados são igualmente Deus, então deve haver independência entre eles, já que sendo Deus, eles podem fazer o que bem entenderem sem dar satisfações um ao outro. Assim, se uma pessoa da Trindade (que é Deus) resolve sair do triangulo, como houve com Jesus como afirma o Cristianismo, já não é mais um triangulo, e portanto, se esta pessoa resolve se rebelar contra as outras duas (que também são Deus) então se destruirão mutualmente e não haverá mais Deus ou as duas destruiriam o rebelde e não haverá mais Trindade! Porém, tanto uma opção quanto a outra entram em contradição com o postulado da submissão do Filho  e do Espírito Santo ao Pai.  Mas se o Filho e o Espírito Santo são iguais ao Pai em poder e divindade, como podem ser submissos a ele? Afinal, se houvesse uma batalha, seria dois contra um… E se o Pai tem o poder supremo, então os outros dois seriam deuses menores ou semideuses o que anula completamente a  noção de tri-unidade e tri-divindade. De qualquer forma, a melhor representação para estes casos não é a figura acima, senão esta abaixo, muito famosa por sinal.

Os Estados Físicos da Água
Há uma alma inteligente que comparou a Trindade com os estados físicos da água. De acordo com a teoria, Deus é que nem a água, que pode se manifestar em três estados, sólido, líquido e gasoso. Os estados da água fazem com que ela mude de aparência, mas sua composição química básica (H2O) não muda. Assim, o Pai, o Filho e o Espírito Santo seriam os estados de Deus. Como disse Bill Maher, dá pra ser pego por alguns instantes por esta interessante ideia, mas depois vê-se a inconsistência  desse argumento. Apesar da água possuir três estados, os três  não podem coexistir ao mesmo tempo. Ou seja, não existe uma água que seja gelo e vapor ao mesmo tempo em que está em estado líquido. Além disto, ao passar para um estado ela deixa de ser o outro estado. Logo, esta  não  é uma boa ilustração para a Trindade.

Como vemos, as principais tentativas de se explicar a Trindade acaba por contradizer-se, já que o problema todo está na base. A maioria dos cristãos e religiosos se conformam apenas em dizer  que  “Deus está além da nossa imaginação!”. Ou será que é a ideia da Trindade que está errada? Eu poderia afirmar como alguns grupos defendem, que não há Trindade e ficaria tudo bem. No entanto, quis ver até onde poderia ir supondo que a Trindade realmente existe. E aqui está toda a conclusão para um dos maiores mistérios da humanidade.

Continua…

Anúncios
  1. Ev Dorismar Veloso
    24/01/2012 às 22:42

    gostei da primeira parte destas informações, preciso da segunda parte, aonde stá?

  2. milton de jesus dias
    12/02/2012 às 11:14

    olá caro amigo estudando um pouco sobre a trindade, aprendi com um judeu que não existe trindade e onde esta escrito no canônico de Deus, sendo assim estaria escrito trindade, mas para judeu existe o Deus ELOHIM ( Deus no plural, mas como judeu sabe que existe um ùnico Deus se trata de Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo), Trindade Vêm da igreja pagã, pois a igreja evangélica que é reforma da igreja católica romana aderimos costumes da mesma como: natal, festa do crentão, páscoa, etc. e a igreja católica é reforma da igreja de ninrode (caçador de palavras que incentivou a construção da torre de Babel) a católica é mistura de festas pagãs a verdadeira igreja é a igreja de Abraão(igreja dos obedientes), pois repito não existe igreja evangélica e sim igreja de Jesus (noiva) também onde esta escrito igreja Evangélica e estamos sendo enganados desde de a reforma de Lútero e outros e o pior que ensinamos a outros tantas heresias, Que o Senhor abra os nossos olhos e venhamos a estar aberto a ouvir e observar as escrituras e digo Moisés só viu a sarça pegando fogo porque observou e lhe chamou a atenção, precisamos observar para não sermos enganados, estou aprendendo com o Espirito Santo a cada dia. Parabéns por sua atitude de coragem de abrir os olhos dos irmãos, Deus te abençõe e continue nesta fé.
    Abraços pastor Milton de Jesus Dias, e digo não sei nada de Deus, mas que possamos estar abertos a sua voz e pensarmos.
    Gostei do seu estudo.

  3. josé
    23/04/2014 às 22:45

    seja um cristão verdadeiro viva o evangelho com a doutrina católica acolha o que ela ensina e não fiquem ai com suposições pois o cristianismo deu origem á igreja católica as outras vieram por rebeldia e não ensina a verdade. OK?

  4. jorge
    13/10/2014 às 3:16

    A Santíssima Trindade são três pessoas distintas, Pai, Filho e Espírito Santo, mas todos têm a mesma essência, substância. Ex. em uma família os filhos têm os mesmo Gens dos pais, mas, pessoalmente são diferentes.

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: