Início > Meus Artigos, Reflexões > SOBRE AS REVOLTAS NO ORIENTE MÉDIO

SOBRE AS REVOLTAS NO ORIENTE MÉDIO


Por Renatim

Democracia é quando eu mando em você, ditadura é quando você manda em mim. (Millôr Fernandes)

 

É notícia geral: o Oriente Médio está em chamas. Proestos e tentativas de revoluções na Líbia, Tunísia, Iemen, Egito, Turquia e outros estão sendo atentamente vigiados pela mídia internacional. A mais recente, a revolta na Líbia, tenta derrubar o ditador Muammar Kadafi, no poder há mais de vinte anos. A revolta foi, segundo a mídia, altamente  reprimida pelo governo. Não quero entrar na discussão se há de fato uma repressão violenta ou não, mas supondo que haja, é de suma importância verificarmos alguns fatos interessantes que demonstram a hipocrisia social por parte das ditas autoridades mundiais. Mas primeiro, vamos lembrar algumas coisinhas que podem nos ajudar a verificar tais fatos…

Em 1953, a CIA envia o agente Kermit Roosevelt Jr. para liderar a chamada Operação Ajax no Irã, cujo objetivo principal era derrubar o primeiro ministro Mohammed Mossadegh e restituir o poder ao xá (rei) do Irã. Toda a Operação Ajax foi composta de propaganda contra o governo, acusando-o de comunista e denegrindo a imagem do primeiro ministro, seguida por fim, de uma revolta popular e a volta do xá ao poder.  Estando o xá devidamente recolocado ao  seu posto, começaram  as negociações acerca do petróleo iraniano e sua exploração pelos EUA. Por muitos anos, o Irã fornecia petróleo e atendia aos interesses norte-americanos na região. Isso durou até 1979, quando uma revolta islâmica tomou o poder e acabou com a dinastia dos xás. Durante esse tempo, o governo dos EUA e do Reino Unido trabalharam militarmente ao lado do xá para reprimir qualquer pessoa contrária ao estabilishment, ajudando na criação da SAVAK, a agência secreta iraniana e fornecendo treinamento e armas. A SAVAK foi responsável por uma era de repressões, torturas e execuções e seus agentes treinados pela CIA e pelo Mossad de Israel.

Tendo isto em mente, voltemos para 2011. Provavelmente o fantasma de Kermit Roosevelt ronda a região.  É sabido que Hosni Mubarak, Muammar Kadafi e todos os outros foram levados ao poder pela mesma mão que agora está contra eles. Portanto, o que está havendo por lá? A Líbia tinha deixado de fornecer petróleo aos EUA e a muitos outros países do Ocidente. Além disso,  Kadafi tinha convocado uma jihad contra a Suíça por terem baixado uma lei proibindo a construção de mesquitas islâmicas em território suíço. Com a falta de fornecimento de petróleo da Líbia, a economia norte-americana teria sérias consequências e portanto, afim de estabilizar o fornecimento seria necessário retirar Kadafi do poder e suplantá-lo por outro aliado mais fiel aos interesses internacionais…

Então vem a propaganda. É de importância fundamental difamar a imagem de Kadafi. Para isso, usa-se o fato de que ele está reprimindo as manifestações e cometendo crimes contra os direitos humanos. Ban Ki-Moon, secretário da ONU, alega violações e os EUA repetem a mesma retórica. Mas… é engra­çado, a CIA pode torturar, fazer lavagem cerebral (vide o famigerado projeto MKULTRA), matar, o governo chinês também comete violações extremas dos direitos humanos, a prisão de Guantánamo ainda não foi fechada, funcionando a pleno vapor e no entanto eis os grandes defensores dos direitos humanos para combater a violência na Líbia! Que fique bem claro: direitos humanos é uma retórica capitalista e estatal para controle social. NENHUM Estado está se preocupando verdadeiramente em dar condições de moradia, saúde, alimentação e uma vida digna aos seus cidadãos, quanto mais aos de fora.

Enquanto existir o capitalismo, o poder e o sistema monetário, as máquinas de derramar sangue, enganar pessoas e subjugar os povos continuarão a funcionar.

A História se repete, e parece que o povo nunca aprendeu isso…

 

Anúncios
Categorias:Meus Artigos, Reflexões
  1. Peter
    02/03/2011 às 6:49

    Renatim, coloca ai um link para aquele vídeo do helicóptero norte-americano disparando contra jornalistas franceses. De qual Direitos humanos se fala heim?

  2. Júlio César
    30/07/2011 às 21:22

    O EUA fará qualquer coisa para manter sua hegemonia. Porém, não se está mais na antiguidade e, por isso, precisa de um subterfúgio: Direitos Humanos!

  3. analuizak
    11/10/2011 às 9:36

    aafff q tediooooo ;p

  4. John Kleiver Corr
    12/10/2011 às 15:22

    A crise no Oriente Médio nada mais é do que um conflito de interesses, por um recurso que ira acabar de qualquer maneira o petróleo.Ou seja manda quem pode, obedece quem tem juízo.

  5. John Kleiver Corrêa Quaresma
    12/10/2011 às 15:24

    A crise no Oriente Médio nada mais é do que um conflito de interesses, por um recurso que ira acabar de qualquer maneira o petróleo.Ou seja manda quem pode, obedece quem tem juízo.XD

  6. wanessa
    06/01/2012 às 10:42

    que filosofia foi essa cara muito bom esse meio de pensa , nem tudo é o que parece o msm acontece com os atorzinho da globo fazendo propaganda e mobilização pra acabae com a usina de belo monte, claro que agente tem que preciona o governo a desmata o menos possivel mais país que quer desenvolvimento tem que desmatar e outra eles nao estão interessado em quem mora o na preservação da floresta e sim terras e muitos interesses internacionais como ja mostraram estão por traz disso !

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: