Início > Meus Artigos, Reflexões > AMAR É PROJETAR-SE NO OUTRO

AMAR É PROJETAR-SE NO OUTRO


Aquilo que vocês querem que os homens façam para vocês, isso vocês também devem fazer a eles, porque esta é a Lei e os profetas – Jesus

A palavra e o sentido de amor tem sido para a sociedade atual desprovida de seu sentido real e enfático. Para a maioria da população, amar ganhou sinonimo de gostar de uma pessoa ou no máximo desejar o melhor para ela.

Para Jesus no entanto, o amor constitui-se em algo muito mais severo e profundo. Segundo o Mestre, devemos amar as pessoas como nos amamos. Isto significa muito mais do que gostar ou desejar o bem daquela pessoa: signfica que devemos nos projetar nela, ou seja, devemos nos colocar no lugar dessa pessoa.

Dizia o sábio Confúcio: nunca faça nada a outro que não gostaria que fizessem com você. Embora isto aparentemente seja o mesmo que Jesus disse aos seus ouvintes, as semelhanças se dissolvem quando analisamos que a frase do filósofo chines está numa perspectiva invertida. Para Confúcio era mais prático começar por aquilo que não se deve fazer, afinal uma negação é mais fácil de ser obedecida. Mas Jesus encara o problema de frente e retoma o debate sob outro ponto de vista: faça com as pessoas aquilo que você deseja que elas fizéssem contigo. Aqui a questão não está mais na negativa (não faça) mas no afirmativo (faça). Portanto, na perspectiva de Jesus, amar é se colocar no lugar dessa pessoa, sentir o que você sentiria se estivesse no lugar dela.

Assim, na visão de Jesus amar é “rebaixar-se” ao nível do outro.

Que isto significa? É cada um antes de fazer algo que envolva o outro, olhar para si mesmo e pensar: eu gostaria que o mesmo acontecesse comigo? Só vamos conseguir amar uma pessoa pobre nos colocando no lugar dela, entendendo aquilo que ela sofre. Só conseguiremos amar verdadeiramente nosso conjugue quando nos projetamos nele e passamos assim a enxergar o lado dele das coisas. Esse princípio é o que deveria regir todo o ser humano. Se todos se projetassem no outro, não haveriam mais guerras, não haveria violência, não haveria roubo, estupro, assassinato, sequestro e toda a sorte de males que nós mesmos criamos. Por isso o mandamento áureo do reino de Deus é o mais simples de todos: “amai uns aos outros com sinceridade”.

Esta é portanto, a chave da sociedade que todos sonham, mas na prática ninguém quer.

———————————————

Renato A. O. de Andrade

Anúncios
Categorias:Meus Artigos, Reflexões Tags:
  1. Re
    01/11/2010 às 7:01

    Meus parabéns… Você ganhou mais uma leitora assídua! Deus te abençoe grandemente, e obrigada pelas palavras. O seu blog é edificante!

  2. 01/11/2010 às 15:34

    excelente texto!! estive a relê-lo pois está muito edificante! não poderia deixar de passar aqui e dizer isso. o amor tem que ser expresso na prática! paz de Cristo!

  3. Wz
    02/11/2010 às 16:36

    Amor é verbo e não substantivo! :D

    Belo texto resumiu a essência do que Jesus nos ensinou^^

    Gostei da comparação com o Confúcio realmente se nao prestarmos bem atenção podemos achar q são a mesma coisa msm :D

  4. 04/11/2010 às 12:59

    Realmente NINGUÉM quer, pelo contrário, nem pensam nisso quando forgam provas para forçar uma guerra, ou até menos…

    abç, Feliz aniversário Renatim, e que em sua misércorida Deus no guir.

  5. 04/11/2010 às 15:26

    Venho aqui especialmente para deixar-te os parabéns por mais um ano de vida!!
    já estás a ficar velho hãm?? :P continua a avançao para o Alvo: Jesus Cristo! Ele ama-te muito. A paz do Senhor Jesus ^^

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: