Início > Meus Artigos, Reflexões > O TRÁGICO DESPREPARO DA IGREJA BRASILEIRA

O TRÁGICO DESPREPARO DA IGREJA BRASILEIRA


Por Renato A. O. de Andrade

É triste, mas é fato. A igreja brasileira de maneira geral está despreparada para enfrentar o mundo moderno. Está despreparada não é por falta de Bíblia, mas por falta de ensinamento.

O problema da igreja hoje é que está se perdendo o amor ao estudo da Palavra em face do pensamento pós-modernno. A igreja não está adequadamente instruída para combater as heresias que surgem a cada segundo. Então, vira presa fácil para os movimentos de proselitismo das seitas e para os ataques do ateísmo militante. Poucos tem condições de dar a razão da fé que tem em Jesus Cristo de maneira correta. Porque? Não é simplesmente “falar de Jesus” para a pessoa e pronto? Não. Isso não funciona.

O ateu militante lê a Bíblia para procurar supostos erros e contradições nela. E lê muito, não é pouco não. O mesmo se refere aos espíritas, aos testemunhas de jeová, aos mórmons e outros grupos religiosos fora do cristianismo tradicional. Assim, como ficam as igrejas diante de um poderoso exército como esse? Não basta simplesmente dizer que tá errado, tem que dizer o porque está errado. E para isso é que se faz necessário o ensino de Apologética. Infelizmente não temos como deveríamos ter.

As grandes religiões, como o Islamismo, estão crescendo cada vez mais. E não adianta simplesmente ir até um muçulmano e dizer à ele que a religião dele está errada. Não, isso não é apologética. Apologética se faz com o entendimento, com pesquisa árdua, com preparação intelectual e dependência de Deus. Não é nós quem vamos “converter” a pessoa, mas somos participantes do ato.

A igreja está sendo atacada de todos os lados, de todas as maneiras. Satanás não usa mais a perseguição física na maioria dos casos, mas visa a destruição da igreja de dentro para fora. Usando elementos infiltrados, ele começa a distorcer os ensinamentos bíblicos, fazendo com que pouco a pouco a igreja deixe de dedicar-se a Deus e passe a adorar ao diabo travestido de Deus.

E tem gente que se acomoda. Se não me atinge, estou bem, então não preciso fazer nada. É melhor eu ir para a igreja, ficar quietinho no meu canto, fazer minhas rezas e deixar que corra. Se é de Deus, vai continuar, se não, vai parar. Bem! Essa máxima de Gamaliel é bastante usada por crentes acomodados, indispostos a lutar ao menos por amor aos seus irmãos. Sim, sim, o trabalho apologético é um trabalho que envolve amor. Não estamos ali defendendo a doutrina de Cristo simplesmente por defender. Estamos ali porque não queremos que nossos irmãos fiquem ignorantes dos fatos e sejam presas fáceis para a modernidade. Para os crentes acomodados, é fácil demais ficar no seu cantinho. Se eu quisesse eu também faria isso. Simplesmente fingiria que tudo está bem, que tudo está normal, e que o que importa é que um dia EU vou para o céu. Mas Jesus nos ensinou a amarmos o próximo como a nós mesmos. Amar o próximo não se traduz em abraços e beijos que na maioria das vezes são hipócritas. Muito menos se reduz em dar esmolas aos pobres. Amar ao próximo é antes de tudo, anunciar o caminho do Senhor de forma verdadeira e digna. Se achamos que “adorar” a Deus é somente ir a igreja e obedecer aos princípios ensinados por ela sem contudo analisá-los a luz da Bíblia, corremos o risco de cometer  suicídio intelectual. Daí, surgem vertentes de nossa própria teologia, como Teologia da Prosperidade, da Restituição etc.  Essas são teologias falsas, arrogantes e egocêntricas, pois o fim buscado é somente a realização do eu, não do próximo.

A Ciência Moderna tem feito grandes pressões sobre a existência de Deus. Como a igreja reage a isso? Simplesmente condenando a Ciência, sem mais nem menos? Não! Assim não dá! O máximo que se consegue assim é uma boa risada dos cientistas, o aumento do ceticismo e o fortalecimento do ateísmo. Argumentos inteligentes não se resolve contra-atacando com dogmas religiosos nem com os pressupostos da religião. Quem estuda verdadeiramente a Palavra saberá como lidar com eles pela própria Palavra! E ao contrário do que muita gente acha, estudar a Bíblia não é somente lê-la todos os dias antes de dormir. É você meditar durante o dia inteiro o que você acabou de ler. Assim se constrói um raciocínio biblicamente embasado e pronto para contra-argumentar os ataques externos.

Caros irmãos, a igreja brasileira está despreparada! Vamos acordar! Sejamos como soldados, prontos para qualquer batalha! Vamos fazer a diferença nese mundo que está indo de mal a pior!

Não consegui falar muita coisa aqui, mas espero que possa ter servido para uma reflexão. Porque se continuar do jeito que está, as consequências serão gravíssimas.

Anúncios
Categorias:Meus Artigos, Reflexões
  1. Peter
    21/10/2009 às 12:42

    Luta o bom combate da fe! seja aprovado como bom obreiro que não tem de que se envergonhar e terá a coroa reservada pra vc desde antes da fundação do mundo!

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: