Início > Meus Artigos, Reflexões, Teologia > TOME A TUA CRUZ!

TOME A TUA CRUZ!


Por Renato A. O. de Andrade

“E quem não toma a tua cruz, e não segue após mim, não é digno de mim” – Mateus 10:38.

Jesus estava tão popular naquela época, que muitas pessoas estavam querendo seguí-lo. Então, o Mestre colocou cada uma delas à prova. Não só aquelas pessoas, mas aos verdadeiros cristãos de todas as épocas, incluindo nós hoje. As implicações dessas simples palavras são realmente assustadoras para o ser humano. Mas, antes de entrarmos diretamente no assunto, vamos verificar uma coisa: o que é uma cruz? A cruz é o instrumento de morte mais cruel que o ser humano já inventou em toda a história. Iam para lá as pessoas realmente desprezadas pela sociedade. A sociedade estava dizendo ao condenado que teria sido melhor se ele não tivesse nascido. Como se não bastasse, a própria cruz também parecia desprezar o maldito, dando a ele uma morte absurdamente dolorosa e lenta. E o infeliz era desprezado até mesmo pelo tempo! Sim, os condenados ficavam dias e mais dias pendurados lá, esquecidos pelo tempo , desejando ardentemente que aquilo tudo acabasse naquele momento, mas parecia uma eternidade, o tempo não parecia passar! Como tal instrumento pode ser inventado por um ser humano? Algumas pessoas poderiam argumentar: “foi o diabo que inventou! O ser humano jamais seria capaz de sequer imaginar uma coisa dessas!” Sinceramente eu gostaria que fosse assim. Que tudo de ruim e cruel que ocorre dentro da sociedade fosse culpa do diabo. Mas a Bíblia diz claramente que o homem se apressa em fazer o mal e derramar sangue (Provérbios 1:16). A Palavra de Deus confronta o ser humano no que tende à natureza do mesmo, e por isso ela é tão desprezada pelo homem natural. Logo, foi mesmo o homem que fez essa máquina mortal.

Nenhuma das formas de morte imaginadas pode ser pior do que a cruz. E naquela época havia um fator que duplicava ainda mais a crueldade. Os romanos, talvez o povo mais insano e sanguinário desse mundo, costumavam torturar o criminoso com vários tipos de açoites antes de enfiar um prego com mais de 10 cm nas mãos dele para pregá-lo no madeiro! Com isso, dá pra imaginar o desejo de que a morte chegasse o mais rápido possível.

Agora, voltando ao assunto, o que Jesus quis dizer com essa frase? Vamos analisar mais profundamente. Essa frase é em primeiro lugar, uma profecia. Jesus estava dizendo qual o gênero de morte que Ele iria sofrer para nos salvar. Ele estava dizendo que iria sofrer o pior tipo de morte inventado pelo homem. Seu amor por nós foi tão grande que se humilhou ao mais baixo nível da sociedade. Sofreu todas as coisas que a cruz poderia oferecer, mas com uma diferença: o peso dos pecados da humanidade estavam na cruz. Não foi a dor dos pregos, nem a dor dos açoites, mas os meus, os seus, os nossos pecados foram o fator multiplicador do sofrimento do Senhor. Por isso a Bíblia diz que o Senhor, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz (Filipenses 2:8). Em segundo lugar, o Senhor estava dizendo que aquele que não tomar a cruz desta vida não é digno dele. O discípulo de Jesus deve sofrer todos os desafios que surgem. Isso é tomar a sua cruz.

Tomar a cruz é morrer se preciso for pela causa do evangelho. Tomar a cruz é falar publicamente do Senhor aos amigos mesmo que isso custe uns deboches. Tomar a cruz é ter amor aos perdidos assim como Jesus teve. Tomar a cruz é mortificar a carne e fazê-la morrer para dar lugar ao Espírito.Tomar a cruz desta vida é olhar pra o alto e reconhecer que nós é que merecíamos estar lá, com as mãos perfuradas por imensos pregos. Tomar a cruz é correr o risco de ser rejeitado pela família, pelos amigos, pelos colegas, pela sociedade por amor a Cristo. Tomar a cruz é amar aos nossos inimigos, aqueles que nos odeiam. Tomar a cruz é, em meio às tribulações e perseguições, orar pelos que nos perseguem. Tomar a cruz é enfim, morrer para o mundo e renascer para uma nova vida com Jesus. Mesmo que custe muito caro, ainda não é nada se comparado com o que Jesus fez. Mas é o melhor que podemos fazer em gratidão a Ele. Por isso, a partir de hoje, tomemos a nossa cruz, para que possamos estar andando junto com o Senhor, porque quem não faz isso, não é digno dele.

A pergunta que fica é: você tem coragem e fé suficiente para isso?

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: